• Fanpage
  • TV Dussek
  • Twitter
  • Perfil no Facebook
Claudia viaja, Dussek Elogia

claudia-raia1-309x350

A turnê já vai há quase um ano, à pleno vapor. por todo Brasil. E enquanto escrevo sobre capricornianos vencedores, para os quais não adianta vir crises ou golpes do destino, em pleno prologo do meu livro de memorias: “O TRÔPEGO DE CAPRICORNIO”, não posso deixar de citar a grande, a enorme, a mega estrela capricorniana CLAUDIA RAIA, que comemora 30 anos de carreira com o seu estupendo musical “RAIA 30”.

claudia-raia2-467x350

O espetáculo, traz a força de o talento maduro, brilhante, no auge, nos 30, na magnitude sábia de Claudia Raia, estrela com quem tive e tenho o prazer de trabalhar desde os primórdios de sua carreira.

claudia-raia3-1-287x350

Nesse musical, ela inclui como sempre, musica nossa: quando o show resolve enveredar pelo vasto universo das canções latinas e brazucas, começa com a marchinha ALO, ALO BRASIL, composição desse que lhes escreve, parceria com o Luis Antonio de Cássio e Roque Conceição. E, vale dizer, que cantora ela se tornou! Nos primordios, reclamava, perfeccionista que é, de sua voz. Qual o qê,dizia-lhe: voce chega lá….E ela chegou: está cantado como nunca….e está totalmente a vontade para surpreender, e muito, com um expressivo timbre vocal, que é lindo e muitas vezes, rouba a cena. Chapeau pro preparador vocal e diretor musical Marconi Araujo!

claudia-raia4-419x700

Tudo no musical é de um capricho artistico e técnico excelentes (visual de Gringo Cardia, figurinos deslumbrantes de Fabio Namatame, luz de Drica Matheus); Claudia, que pela energia, deve estar também com 30 anos ( acho que começou a dançar no berçario), transita com o corpo de baile com maior desenvoltura nas elegantes coreôs de Tânia Nardini, que se misturam com os belos e enormes cenários de Cardia, tudo no nivel dos musicais internacionais. Louríssima, finalmente; irresistivel no visual ela está loucamente clicada por Paschoal Rodriguez, está com a cara de Broadway, mas com as pernas bem brasileiras. E que pernas! Misericordia! No repertorio, que veste o bom texto de Miguel Falabella, vem tudo mesclado. numa enxurrada de músicas americanas, na delirante direção de Jose Possi Neto, um escandalo!

claudia-raia5

La Raia 30 desfila standards musicais já bem conhecidas pelo público que frequenta os teatros da Times Square, ou que nunca foram lá e a Claudia lhes empresta esse sonho. Mas deixa estar que os saudosos números dos teatros de revista brasileiros completam a virada do show. Com samba no pé e não mais “in american way” como o resto do espetáculo, é só apoteose. Quer dizer: Claudia bebeu nas fontes de Lennie Dale e de Jorge Fernando, com o molejo das novelas tupiniquins. Uma capricorniana completa. Um exemplo pra esse trôpego de Capricornio que lhe escreve. Como adoro vencedores, ao final do show, disse-lhe em alto e bom som: ”não é mais só uma bailarina , uma atriz e e uma comediante esplendidas. Agora, você é antes de tudo, uma grande cantora.The man I love, dos Gershwin; Mein Herr, do Cabaret e I`m still here, em português, estão com maravilhosas interpretações, que já te credenciam como uma grande cantora! Favor gravar urgente o CD do espetáculo!!!

claudia-raia6

Sem cmentários Comentar

No comments yet.

RSS dos comentários deste post. TrackBack URL

Deixe um comentário